Jackson Barreto recebe missão do Banco Mundial para Programa Águas de Sergipe

missão do Banco Mundial está no estado para inspecionar as ações do Programa Águas de Sergipe, que é financiado pela instituição internacional. Projetos de Sergipe estão com um bom andamento, as licitações estão avançadas e os editais encontram-se próximos de contratar os serviços

A missão do Banco Mundial está no estado para inspecionar as ações do Programa Águas de Sergipe, que é financiado pela instituição internacional. O governador Jackson Barreto ouviu dos técnicos que os projetos de Sergipe estão com um bom andamento, as licitações estão avançadas e os editais encontram-se próximos de contratar os serviços.

O Banco Mundial está investindo U$ 70 milhões, o equivalente a quase R$ 200 milhões, em obras estruturantes na Bacia do Rio Sergipe. O programa prevê a construção do sistema de esgotamento sanitário de Itabaiana e Nossa Senhora das Dores; macrodrenagem de Itabaiana; revitalização dos perímetros irrigados de Jacarecica I e II e Ribeira; e reflorestamento de matas ciliares dos afluentes do Rio Sergipe.

Combate ao Aedes aegypti em Sergipe
Em reunião com o governador, nessa quarta-feira, 4, o representante da missão do Banco Mundial para o Programa Águas de Sergipe, Tadeu Habicallin, informou a intenção da instituição bancária internacional de patrocinar ações na área da saúde. De acordo com Habicallin, o banco vai disponibilizar U$ 8 milhões, o equivalente a R$ 25 milhões, do Águas de Sergipe para serem aplicados na prevenção, combate e acompanhamento das vítimas do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e do Zika vírus, que provocou microcefalia em centenas de recém-nascidos no país.

 

 

Leia a matéria completa clicando aqui

Fonte: Agência Sergipe de Notícias

 

Última atualização: 16 de abril de 2019 10:09.