Coderse leva serviços para agricultores do Perímetro Irrigado Jacarecica II durante ‘Sergipe é aqui’ em Riachuelo

Além de capacitação, capacidade produtiva do perímetro foi exposta à comunidade presente ao Governo Itinerante.
Governador Fábio Mitidieri e diretoria da Coderse entregou mangueiras aos irrigantes – Foto Vieira Neto – Ascom Seagri


Em Riachuelo, nesta sexta-feira, dia 20, ocorreu o primeiro ‘Sergipe é aqui’ em um município beneficiado por um perímetro irrigado do Governo do Estado. A Companhia de Desenvolvimento Regional de Sergipe (Coderse) organizou uma roda de conversa com os agricultores do perímetro Jacarecica II, sobre a ‘irrigação localizada’, fez a entrega de mangueiras de irrigação localizada e ainda teve uma exposição de produtos que são cultivados, por meio desta irrigação pública, durante esta 13ª edição do programa de Governo Itinerante.

“Todos os serviços que tradicionalmente a empresa leva, recebendo as demandas da comunidade para a perfuração, instalação, manutenção de poços comunitários e a exposição do nosso trabalho no Programa Água Doce, por meio de maquete, continuaram na tenda que compartilhados com a Seagri [Secretaria de Estado da Agricultura, Desenvolvimento Agrário e da Pesca], a quem somos vinculados, e com as coirmãs Emdagro e Pronese”, informou o presidente da Coderse, Paulo Sobral.

O diretor de irrigação da Coderse, Júlio Leite, explica que foi preparada uma tenda exclusiva para receber os agricultores irrigantes. “Tivemos uma roda de conversa sobre a adoção da irrigação localizada nos lotes produtivos do Perímetro Jacarecica II, com o doutor em Irrigação Luiz Gonzaga Reis, da Coderse, momento em que faremos a entrega de mangueiras específicas para esse sistema e assim, incentivar ainda mais a adesão à tecnologia que economiza água e é mais eficiente, dois pontos essenciais para que todo o perímetro funcione bem”, avaliou.

Uma amostra do que é produzido nos lotes da porção riachuelense do perímetro irrigado foi feita durante o ‘Sergipe é aqui’. “São produtores rurais que convidamos para mostrar o que eles produzem com a irrigação e assistência técnica fornecida pelo Governo do Estado, por meio da Coderse”, acrescentou Júlio Leite. Ao todo, o Jacarecica II atende 344 lotes irrigados, onde quase três mil pessoas são beneficiadas, ao incluir as localidades rurais em que o serviço de irrigação pública chega aos municípios vizinhos de Areia Branca e Malhador.

Rosinete Oliveira é agricultora irrigante do Jacarecica II no Assentamento Colômbia Penha. Ela trouxe para expor no ‘Sergipe é aqui’ a sua produção de cebolinha, coentro, alface, mamão, maracujá, milho verde e batata-doce. Ela considera importante a oportunidade de mostrar aos usuários do ‘Sergipe é aqui’ o que colhe em seu lote irrigado.

“Vocês estão vendo, vão reconhecer o trabalho que a gente tem na roça”, enfatizou Rosinete Oliveira. Ela vende em casa e na feira de Maruim, o que cultiva com a irrigação fornecida pela Coderse. Para ela, é essencial para a agricultura. “Porque se não tiver água não tem como colher. É necessário para levar a vida. Serve para tudo”.

Irrigação Localizada
“Viemos aqui hoje para prestigiar o evento, fazendo identidade, saúde para mulher, no Outubro Rosa. Agradecemos muito ao nosso governador Fábio Mitidieri. Agradecemos muito a Coderse, que dá sustentação para a gente”, avaliou o também irrigante Adeilton de Oliveira, do Assentamento Mário Lago.

Ele participou da Roda de Conversa sobre Irrigação Localizada e recebeu um rolo de mangueira própria para instalar a tecnologia no seu lote. “A Coderse ajuda muito em nosso perímetro Jacarecica II.  A mangueira vai ajudar muito, tendo um terreno maior, sai esticando. Fica melhor porque as terras encharcaram um bocado no inverno, mas vai dar muita coisa no verão”, completou Adeilton de Oliveira.

Última atualização: 24 de novembro de 2023 13:11.