[vídeo] AgroSE mostrou cultivo de melão em pleno inverno inverno do Alto Sertão Sergipano

Espécie frutífera de cultivo ainda tímido em Canindé de São Francisco, o melão agora ganhou destaque no lote de Erivaldo Peixoto, atendido com água de irrigação e assistência técnica agrícola pelo Governo do Estado, através da Cohidro, no Perímetro Irrigado Califórnia, situado naquele município. Foi o que mostrou a reportagem do programa Agro SE, da TV Atalaia, em julho.

A dificuldade encontrada pelo produtor para emplacar o melão no Alto Sertão Sergipano foi maior, pois a sua lavoura vai passar a maior parte do seu ciclo produtivo (que leva torno de 75 dias) vai ser durante o inverno chuvoso. Época de maior incidência de pragas e doenças. Uma primeira lavoura — cultivada por Erivaldo Peixoto quase toda no período seco — alcançou um excelente produção: 25 toneladas de frutos de qualidade comercial, em 5 mil pés cultivados em 0,7 hectares. Sucesso que rendeu até a realização de um Dia de Campo.

[vídeo] Barragens cheias e milho verde para o período junino em Lagarto são destaque no Agro-SE

No Perímetro Irrigado Piauí, mantido pelo Governo de Sergipe em Lagarto, a produção de milho verde é constante, mas para o período das festas juninas, a expectativa é de que os irrigantes atendidos com água de irrigação e assistência técnica agrícola pela CohidroSE colham 579 mil espigas, de um total de 2.847.200 que todos os perímetros irrigados estaduais vão produzir no mês.

Esta foi uma das histórias que o programa Agro-SE, da TV Atalaia, mostrou na quarta-feira, dia 15. Eles visitaram produtores que plantam com a irrigação da Cohidro, ainda no período de estiagem, para colher agora no período de chuva. Confiantes da retomada das festividades depois do fim das restrições sanitárias da pandemia, mas garantidos de que se não vender o milho em espiga, tem muita demanda para a produção de ração animal.

O Agro Sergipe também mostrou que em Itabaiana, as barragens dos perímetros irrigados Poção da Ribeira e Jacarecica I, foram carregadas pelas chuvas das últimas semanas. A do Jacarecica I, encheu, com a água extravasando pelo vertedouro do reservatório já no último dia do mês de maio.

Na barragem Ribeira, que teve sua capacidade ampliada pelas obras de desassoreamento do Programa Pró-Campo, do Governo do Estado. Hoje já vertendo, na época da matéria faltam centímetros para o reservatório verter. Suprindo a expectativa dos técnicos da Cohidro, que administra também estes outros dois perímetros irrigados, e dos 466 irrigantes.

 

[Vídeo] Irrigação pública em Lagarto produz amendoim para as festas juninas

O Programa Agro-SE, da Tv Atalaia, foi até Lagarto, mais precisamente no Perímetro Irrigado Piauí, para mostrar que a irrigação fornecida pela Governo de Sergipe, através da Cohidro, permite ao agricultor plantar o amendoim antes do período de chuva. Fazendo com que na época das festas juninas, as vagens estejam prontas para colher e aproveitar o clima de São João para gerar mais no campo.

Além da água de irrigação, o irrigante do perímetro Piauí conta com a assistência técnica da Cohidro, para determinar a melhor forma de plantar e cuidar das roças. Outra particularidade do Piauí, é que o amendoim geralmente sai do perímetro já cozido. Pronto para ser consumido da forma que se tornou Patrimônio Imaterial de Sergipe, beneficiamento que gera ainda mais renda para as comunidades compreendidas pelo projeto de irrigação estadual.

[Vídeo] Agro-SE: Programa de Recuperação de Barragens atua no desassoreamento da Ribeira

O programa Agro-SE, da Tv Atalaia, exibiu nesta quarta-feira (11), reportagem mostrando o trabalho das equipes e máquinas que fazem a limpeza e desassoreamento da barragem do Perímetro Irrigado Poção da Ribeira, mantido pelo Governo de Sergipe em Itabaiana.

A barragem, em que a Cohidro atende cerca de 460 lotes com água para a produção agrícola e abastecimento humano em quatro cidades, é uma das 20 médias e grandes barragens que, com outras 1.000 de pequeno porte, tem previsão para serem revitalizadas pelo Programa de Recuperação de Barragens em 2022. Obras executadas pela Cohidro que são parte do Programa Pró-Campo e atendendo, em sua maioria, municípios em situação de emergência devido à estiagem.

 

[vídeo] Abacaxi irrigado por perímetro estadual gera renda e emprego em Riachuelo

Novidade na irrigação pública estadual, o abacaxi aparece como novo cultivo no Perímetro Irrigado Jacarecica II, no setor em que o polo agrícola do Governo de Sergipe atende com irrigação e assistência técnica agrícola o município de Riachuelo. Esta é a história que o programa Agro-SE, da Tv Atalaia , foi até o lote do irrigante Francisco de Araújo, para mostrar na edição do último dia 22. Em reportagem de Sayonara Hygia.

O agricultor assistido pela Cohidro, além de vender sua produção direto ao consumidor no Mercado Municipal do bairro Augusto Franco, em Aracaju, dispensa o uso de agrotóxicos na produção do abacaxi. Por este motivo, segundo Francisco, o fruto demora mais tempo para amadurecer, porem, é mais doce que os abacaxis plantados por meios convencionais.

[vídeo] Agricultor do perímetro Jacarecica II faz sucesso por ser empreendedor

O programa Agro-SE, da TV Atalaia, mostrou nesta quarta-feira (01), matéria da repórter Sayonara Hygia e imagens de Thiago Williams, um pouquinho da história do agricultor irrigante Francisco de Araújo. Ele produz uma grande variedade de produtos em seu lote irrigado pelo Governo do Estado, através da Cohidro, no Perímetro Irrigado Jacarecica II, em Riachuelo. Neste perímetro, o irrigante não tem nenhum custo para irrigar as plantações diariamente, já que a água chega ao lote por gravidade.

Por outro lado, o produtor elimina o papel do atravessador, barateando seus produtos ao vendê-los direto ao consumidor, em sua banca no Mercado Municipal do bairro Augusto Franco, em Aracaju. Hoje, que já é comerciante bastante conhecido na Zona Sul da Capital, a escolha do que ele vai plantar no seu lote no Jacarecida II é definida pela preferência dos clientes, que sempre sugerem qual alimento gostariam de comprar em sua banca. O que cria uma relação de fidelidade entre cliente e comerciante.

[vídeo] Irrigantes de Lagarto apostam na abóbora de olho no bom preço

O programa Agro-SE, da TV Atalaia , mostrou na quarta-feira (10), que o mercado escasso de abóbora abre espaço para o irrigante lagartense mudar sua estratégia e investir neste cultivo, no Perímetro Irrigado Piauí. Para isso, o produtor conta com a flexibilidade garantida pela assistência técnica e a irrigação fornecida durante todo ano pela Cohidro, vinculada à Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri).

[vídeo] Governo do Estado entrega máquinas, veículos insumos para perfuração e dá início à obras na Cohidro

Na sexta-feira (29), o  Governo de Sergipe autorizou investimentos e entregou equipamentos que totalizam R$6.149.618,52 milhões para o desenvolvimento da agricultura em Sergipe. Foram autorizadas a implantação de 17 sistemas simplificados de abastecimento de água e a aquisição de insumos de perfuração de poços para garantia de acesso à água.

Além disso, foram entregues seis triciclos com carroceria baú aos perímetros irrigados da Cohidro. A equipe do programa Agro-SE, da Tv Atalaia, acompanhou as entregas, entrevistou o governador Belivaldo Chagas; o secretário de Estado da Agricultura, Zeca da Silva; o presidente da Cohidro, Paulo Sobral; além de beneficiados em todo estado; e registrou o anúncio de mais investimentos para Sergipe.

[vídeo] Produção de batata-doce irrigada desponta em Canindé de São Francisco

Assista o vídeo apontando a câmera do seu celular para o QR Code

Em 11 de agosto o programa Agro-SE, da TV Atalaia , exibiu reportagem sobre a mais nova cultura em ascensão no Perímetro Califórnia: a batata-doce. Lá em Canindé de São Francisco o clima semiárido e o solo argiloso sempre foram entraves ao cultivo da planta, mas com a oferta de água de irrigação o ano todo e assistência técnica para a produção agrícola, os perímetros de irrigação pública estaduais têm o papel de acelerar essas revoluções no campo.

No Agreste e Centro-Sul a batata-doce gera lucro nos perímetros irrigados, também administrados pela Cohidro, há um bom tempo. Já no Califórnia, juntos, os bataticultores produziram 355 toneladas em 2020. Mas de janeiro a junho de 2021, a produção da batata-doce no perímetro de Canindé já chegou a 254 toneladas, se aproximando do total produzido no ano passado e sugerindo que o produto está ganhando mais espaço no perímetro irrigado da Cohidro no Alto Sertão Sergipano.

Agro-SE: Perímetro irrigado de Canindé prospera com uva, pera e agora maracujá industrial

Assista o vídeo apontando a câmera do seu celular para o QR Code

No programa Agro-SE desta quarta-feira (25), a  Tv Atalaia  mostrou as novidades no ramo da fruticultura no Perímetro Irrigado Califórnia, que é administrado pelo  Governo de Sergipe , através da Cohidro, em Canindé de São Francisco. Por lá, desponta o cultivo de uva, pera e agora o maracujá. Este último já era cultivado pela Agricultura Familiar, mas agora ganha status de produção comercial, voltada para a demanda da indústria.

Uva e pera foram introduzidas naquele perímetro da Cohidro a partir de um convênio de transferência de tecnologia entre a Embrapa Semiárido, de Petrolina/PE, e o Governo do Estado. Onde, há 5 anos, a empresa federal entrou com mudas, material de construção dos parreirais, sistema de irrigação por gotejo, todos os insumos necessários à nutrição da planta e a assistência técnica, estes dois últimos durante os dois anos iniciais. A companhia sergipana, além da água para irrigar os três pomares, agora dá continuidade na assistência técnica aos fruticultores.

Um lote empresarial do Califórnia fez grande investimento em uma plantação de maracujá que ocupa 8 hectares de área, formada por maracujazeiros de espécie voltada ao aproveitamento industrial. A Cohidro contribui garantindo o fornecimento contínuo de água para irrigação e empreendimento tem gerado postos de trabalho para a implantação do pomar – com estacas para espaldeira, irrigação por gotejo e plantio de mudas, manejo – e vai continuar empregado nas etapas de reprodução artificial do maracujazeiros, mostrada na reportagem, e na colheita.

Última atualização: 27 de agosto de 2021 10:45.