Povoados de Lagarto receberão sistemas de abastecimento de água via Cohidro

 

Jackson Barreto ao entregar as 8 novas moto-bombas ao Perímetro Piauí – Foto Ascom/Cohidro

Povoados Saco Grande, Candeal das Cajazeiras e Piabas, no município sul-sergipano de Lagarto, serão as localidades que primeiro serão beneficiadas por dois, dos 20 sistemas simplificados de abastecimento de água que a Secretaria de Estado da Agricultura, Desenvolvimento Agrário e da Pesca (Seagri), via a sua subsidiária Companhia de Desenvolvimento de Recursos Hídricos e Irrigação de Sergipe (Cohidro), irá construir em todo Estado. Autorizadas pelo governador do estado Jackson Barreto, quando esteve na cidade entregando R$ 500 mil em investimentos no Perímetro Irrigado Piauí em 09 de setembro, as obras começam em novembro.

Estes sistemas de abastecimento serão viabilizados por meio de convênio firmado entre a Seagri e a Secretaria de Estado da Mulher, da Inclusão e Assistência Social, do Trabalho e dos Direitos Humanos (SEIDH), que destinou R$ 2 milhões do Fundo de Combate e Erradicação da Pobreza (Funcep) para a função de levar água até estas povoações ainda desassistidas pelas redes convencionais de abastecimento de água em todo estado.

A partir do início de novembro as máquinas da Empresa iniciam os trabalhos de perfuração dos dois poços nos povoados Saco Grande e Piabas e Cohidro já deu andamento ao processo licitatório para a contratação de empresa terceirizada que vai instalar a infraestrutura de captação, armazenamento e distribuição de água. Segundo o diretor de Irrigação e Mecanização Agrícola da Companhia, Paulo Henrique Machado Sobral, um só poço vai solucionar o problema de falta d’água em duas localidades.

“O poço do Saco Grande, devido à proximidade com o povoado Candeal das Cajazeiras, vai poder abastecer a população dos dois lugares. Nossas equipes vão providenciar com que o poço seja perfurado a uma profundidade suficiente para atender toda demanda, assim como será também com a estrutura de tubulações, bombas e reservatórios”, estabeleceu Paulo Sobral, informando que cada poço terá o valor aproximado, para a perfuração e infraestrutura, de R$ 100.000.

Diretor-presidente da Cohidro, José Carlos Felizola Filho, comemora o convênio e estabelece que as outras localidades estão sendo escolhidas levando em conta a demanda que as comunidades requerem à Empresa. “Foi uma vitória para Sergipe este projeto para levar água para a população mais sofrida por falta d’água na zona rural. Estamos trabalhando para que a escolha destes locais proporcione o maior número possível de pessoas assistidas, assim como foi em Saco Grande, Candeal das Cajazeiras e Piabas. Uma demanda levada até nós via o deputado federal Fábio Reis, que conhece muito bem a situação das localidades e fez o pedido ao governador Jackson, pessoalmente”, finalizou.

Última atualização: 16 de outubro de 2017 10:44.