Comissão Interna de Prevenção De Acidentes se reúne na Cohidro

Na reunião são decididas as soluções e necessidades a serem propostas – foto: Ascom/Cohidro.

A Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa), da Companhia de Desenvolvimento de Recursos Hídricos e Irrigação de Sergipe (Cohidro), realiza mensalmente reuniões na sede da Empresa, na capital Aracaju, para expor e discutir as ações relacionadas à saúde e segurança do trabalho. Na última reunião realizada no dia 17, foram relatadas as soluções e necessidades a serem propostas aos demais colegas e à diretoria executiva, levando em conta a sede como também dos perímetros irrigados do interior.

A Comissão trabalha com a prevenção de acidentes e doenças decorrentes do trabalho, orientando os servidores e fiscalizando toda a Empresa, desde prédio, bombas e funcionários. “O objetivo das reuniões é passar para os membros da Cipa, que tenham mais atenção com os principais assuntos relacionados a saúde e segurança. Observar não só o que está acontecendo na sede, como também com o pessoal dos interiores, para que as pessoas se encarreguem de sempre usar o EPI (equipamento de proteção individual) de forma correta, orientando o funcionário dentro de qualquer situação”, relata o presidente do grupo, Pedro Américo.

É um grupo formado por 12 componentes, sendo presidente, vice-presidente, secretario e mais nove membros e suplentes, incluindo representantes do empregador e dos empregados. O presidente da Cipa seleciona membros que viajam para as unidades do interior, os perímetros irrigados da Empresa, com o propósito de fiscalizar e acompanhar, se existe alguma necessidade naquela região. Então é feito um trabalho com anotações e fotos dos locais, que estejam precisando de reforma ou manutenção e no caso dos funcionários, uniformes e EPI´s.

Diretor Administrativo e Financeiro da Cohidro, Jorge Kleber Soares Lima, expõe que a Empresa está atenta ao que a CIPA tem a dizer, tanto que incluiu as pautas do grupo no Programa Interno de Melhorias Administrativas. “As reformas feitas aqui nos forros e pinturas nos prédios administrativos e na EB (Estação de Bombeamento) do Perímetro Piauí (em Lagarto), compra de ar condicionados, novos fardamentos e EPI’s estão sendo feitas para suprir essas demandas observadas por esta Comissão de Segurança. Em outras etapas, vamos ampliar estas reformas prediais para as demais unidades da Companhia no interior e também priorizar a renovação da frota, outro item importante no quesito segurança”, avaliou.

Da reunião do dia 17, participaram o presidente da CIPA, Pedro Américo, a vice-presidente Acássia Gomes, o secretário Elierto Moura; os membros Edson Santana, Geraldo Miranda e Ofenisa Argolo. Além dos integrantes da Comissão, estiveram presentes também como convidados outros integrantes do quadro funcional da Empresa a assistente social Jaínne Oliveira e a estagiária de Serviço Social Eline Barros e o engenheiro de segurança do trabalho, Roberto Barros, eles que integram o Departamento de Segurança no Trabalho (Dissa).

Roberto Barros, desde que passou a integrar o quadro funcional da Empresa, em maio, tem acompanhado todas as reuniões da CIPA e relata o que acontece lá. “Tem um calendário com as datas das reuniões mensais, feito em uma reunião anual. Cada reunião tem sua pauta, com os principais assuntos relacionados com a saúde e segurança, tudo determinado por uma NR (Norma Regulamentadora do Ministério do Trabalho). Abre a reunião e falam da pauta da reunião anterior – na ata tem tudo que já foi realizado – o que falta e se está precisando ainda fazer alguma coisa, então entra com os assuntos do dia”, detalhou o engenheiro.

Presidente da Cohidro, José Carlos Felizola Filho conta que desde que assumiu a função na Empresa, tem procurado dar voz aos servidores, inclusive dando espaço para os funcionários de carreira participarem das funções administrativas. “Crescemos o número de pessoas responsáveis pelo acompanhamento ao servidor, na Dissa. Outra ação, pensando na saúde dos trabalhadores, foi trabalhar com a Associação dos Servidores da Cohidro (ASC), a reativação do atendimento odontológico no Posto Médico da Cohidro, uma demanda que recebemos logo no início e que já foi atendida”, concluiu.

 

Última atualização: 16 de outubro de 2017 10:47.